sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Gramado e Canela - RS

GRAMADO
No sábado do dia 25/09/10 foi a maior correria, porque viajar para Gramado foi uma verdadeira missão, acordamos cedo, mas até que todos fiquem prontos, haja paciência, então conseguimos pegar o ônibus na rodoviária às 10:30, custou R$ 28,00 e chegamos 12:30 em Gramado, completamente perdidos, saímos desesperados em busca de uma passeio de van com a agência Jardineira das Hortênsias e recomendo, fomos muito bem atendidos, pagamos R$ 45,00 pelo tour por Gramado e Canela com duração de 5 horas.
Construção em estilo normando realizada em homenagem à colonização alemã.

Viajando a dois ou em família, Gramado oferece atrações para todos os públicos. Para os casais, as pedidas são os programas românticos como jantar a luz de velas, passeio de pedalinho no Lago Negro ou um tour pelos bosques. Independente da idade ou da companhia, não deixe de se lambuzar com os deliciosos chocolates produzidos na região, saborear sem culpa um farto café colonial e torrar a carteira enquanto bate perna em meio às lojas da Avenida Borges de Medeiros. É uma cidade tão encantadora que (parafraseando ao poeta Mário Quintana) nem em sonhos a sonhamos.
A gastronomia variada e saborosa oferece dos tradicionais pratos italianos às exóticas receitas preparadas com carnes de caça. E tem ainda as delícias da cozinha alemã e, claro, as fondues - em caso de viagem a dois, vá saboreá-las em um romântico jantar nos restaurantes suíços da região. Deixe uma tarde livre para experimentar, sem culpa, os mais de 80 itens que compõem o café colonial.
Tentadoras lojinhas e fábricas específicas da guloseima espalham-se pelas ruas centrais. Nos balcões, chocolates de todas as formas: barras, bombons, trufas, licor... Em alguns estabelecimentos, o visitante pode conferir de perto a produção das delícias.
Entre as marcas tradicionais de Gramado estão Prawer, Planalto, Lugano, Florybal e Caracol. Nós fomos na Lugano e gostamos muito.
As coloridas peças de cristais são confeccionadas através da rudimentar e secreta técnica de Murano, criada na Itália, no século XV. Entre as obras de arte estão vasos, lustres, taças, pesos de papel e castiçais. Aproveite para visitar a fábrica e assistir a uma demonstração de como são produzidos os mimos.
Os jardins do Parque Knorr, um bosque repleto de trilhas, abrigam a casa do Papai Noel e sua fábrica de brinquedos. Por lá estão também a Árvore dos Desejos - onde a garotada deixa seus pedidos - e lojinhas que vendem de tudo com a marca do Bom Velhinho, além de um mirante que descortina vista panorâmica do Vale do Quilombo. O cenário pode ser apreciado também através de um passeio de monorail, um trenzinho que se move por um trilho suspenso à beira do vale. Durante o percurso, entre a fábrica e a casa do Papai Noel, ouve-se a história do Parque Knorr.
O Lago Negro é um lago de águas verde-escuras com árvores plantadas a sua volta, trazidas da região da Floresta Negra, na Alemanha. Ao redor, uma pista de cooper sombreada por pinheiros convida à corrida, caminhada ou pedalada. Aproveite o passeio de pedalinho para apreciar as hortênsias e as azaléias que colorem o parque o ano inteiro. Eu amei muito este parque, lindo demais, dá a impressão de estármos em outro país mesmo.
O mini-mundo são miniaturas inspiradas nas tradições, culturas e arquiteturas típicas européias dividem a atenção nos parques temáticos Mini Mundo e Mundo Encantado, passeios imperdíveis para quem viaja com os pequenos.
Criado pela família Hoppner em 1981, nele funciona a fantasia de uma cidade em miniatura, ao estilo Legoland, na Dinamarca.

Existem muitos outros pontos turísticos em Gramado e Canela, como o Museu do Automóvel, o Museu de Cera, Mundo a Vapor, mas infelizmente não tivemos tempo para conhecer tudo.


CANELA
Apenas sete quilômetros separam Gramado e Canela. Na pequena Canela, que mais parece um cenário salpicado de araucárias e casinhas de boneca, aproveite para queimar as calorias fazendo caminhadas nos bosques, florestas e parques. De quebra, vislumbre a bela Cascata do Caracol, com 130 metros de queda, o teleférico custa R$ 18,00, mas estudante paga meia. Eles tiram fotos do teleférico e depois vendem, fica tão legal que não resisti e comprei por R$10,00. Passeamos também pelo centro de canela e conhecemos a Catedral de Pedra.
E terminamos o nosso tour saboreando o famoso café colonial Bela Vista, bom demais!!
E assim foi a minha despedida com estes amigos, pois dia 29/09/10 estaria embarcando rumo a Irlanda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...